2 de julho de 2009



Nunca ninguém sabe se estou louco para rir ou para chorar.
Por isso o meu verso tem esse quase imperceptível tremor...
A vida é louca, o mundo é triste:
Vale a pena matar-se por isso?
Nem por ninguém!
Só se deve morrer de puro amor...

(Mário Quintana)

3 comentários:

Vicente Caldas disse...

Oi Sonhadora
Obrigado pela visita no Nau.Estarei passando por aqui, gosto dessa quietude que seu blog me passa. Bjs
Vicente

meus instantes e momentos disse...

belo post num lindo blog.
Gostei daqui.
maurizio

Guilherme disse...

A vida é para ser vivida e não lamentada ne
Gostei do blog
bjos

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios